Uerj e Motim promovem oficina de arte

Início:01/11/202210:00 |Término:01/11/202218:00

Diretoria de Comunicação da sambafoot

O Programa de Pós-Graduação em Artes da Uerj (PPGArtes) e o grupo Mito, Rito e Cartografias Feministas nas Artes (Motim) realizam, no dia 1º de novembro, a oficina “Práticas do Zanzar: um estudo metodológico sobre formação em arte através da realização de jogos psicogeográficos e topofílicos”. A atividade é vinculada à pesquisa de doutorado “Ofélia à deriva: uma prática artístico-pedagógica que zanza” e ocorrerá no Instituto de Artes, localizado no 11º andar do campus Maracanã, das 10h às 18h.

A oficina será ministrada pela artista, pesquisadora e professora Gabriela Tarouco Tavares, que desenvolveu a tese sob orientação da professora Luciana Lyra.

A pesquisa de Gabriela tem como principais referências o movimento de vanguarda Internacional Situacionista e artistas que se propõem a caminhar como ação estética. A tese apresenta um estudo sobre a natureza do caminhar como metodologia de ensino-aprendizagem.

Uma das ações em desenvolvimento é a elaboração de jogos que se concretizam no caminhar, no zanzar pela cidade. Para isso, são desenvolvidos estudos de ações de artistas em diferentes expressões artísticas, bem como experiências vivenciadas em cursos livres e de criações próprias.

A oficina tem como objetivo experimentar o impacto dos jogos psicogeográficos nos participantes; promover a experiência da metodologia psicogeográfica e topofílica; cartografar as diferentes ambiências psíquicas provocadas pelas derivas; criar uma conversação entre os inscritos e a cidade, por meio de práticas não cotidianas e a contribuição dos/as participantes para fundamentar a noção em articulação na tese “pedagogia do zanzar”.

As inscrições podem ser feitas por meio de formulário on-line. Haverá emissão de certificado de participação. Mais informações no perfil do Motim no Instagram.