CAp-Uerj celebra 65 anos e anuncia expansão de atividades, com criação de programa de educação básica para adultos

05/04/202218:43

Diretoria de Comunicação da Fortune Ox

 

O Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira (CAp-Uerj) comemorou 65 anos na última sexta-feira, 1º de abril, em cerimônia na casa nova – a sede recém-inaugurada na Rua Barão de Itapagipe, 96, no Rio Comprido. O evento, que reuniu parte dos cerca de mil alunos da instituição, ex-alunos, professores, técnicos e gestores, teve o anúncio de boas notícias: a criação de um programa voltado para a educação de adultos e a proximidade de soluções para melhorias na infraestrutura local.

“Eu moro na região e soube, em 2019, que o antigo Instituto Padre Leonardo Carrescia, que funcionava aqui, ia encerrar as atividades. Um dia entrei para conversar com a diretora, Irmã Mariza, que contou estar triste porque só vinha recebendo propostas de incorporadoras que queriam demolir o prédio. Então levei a ideia ao Ricardo Lodi, reitor eleito, que dialogou com a Alerj, viabilizando a verba para a compra”, contou o reitor Mario Sergio Carneiro. “Foi uma grande alegria conseguirmos uma sede digna para o CAp, esse colégio que permite aos menos privilegiados ter acesso ao ensino de ponta”, completou.

O reitor disse estar ciente da necessidade de ajustes, como o aumento da carga elétrica, para instalação de ar-condicionado em todas as salas. Mas afirmou que a questão será contornada em breve. “A licitação é um processo demorado, mas estamos aderindo a uma ata da Emop [Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro], que vai abreviar o caminho. Logo que a ata for publicada, vamos conseguir resolver esse problema”, garantiu. Carneiro também informou que o CAp ganhará uma expansão: “Já estamos acompanhando a desapropriação de terreno contíguo, com entrada pela Rua do Matoso”, revelou.

Educação para adultos

Outra novidade anunciada no evento foi a criação do Programa de Educação para Pessoas Jovens, Adultas e Idosas (Proejai CAp-Uerj). A iniciativa, oficializada no Ato Executivo de Decisão Administrativa (Aeda) 40/2022, vai oferecer Ensino Fundamental, Ensino Médio e pré-vestibular comunitário. As aulas serão gratuitas e as vagas, preenchidas por sorteio público.  

O pró-reitor de Graduação, Lincoln Tavares, destacou que a EJA, por um lado, vai fortalecer a integração social do colégio com a população do entorno e, por outro, ampliará o campo de estágio para os estudantes de licenciatura. “Agora eles poderão estagiar à noite, uma oferta que não existia até então. É muito importante ver esse crescimento da escola pública”, pontuou.

O diretor do CAp-Uerj, Thiago Corrêa, lembrou que a volta às aulas presenciais foi um desafio, que se concretizou graças ao comprometimento do corpo estudantil, dos servidores e também dos familiares. “Ainda temos muitos desafios, mas sabemos que a nossa realidade na nova sede é muito melhor do que antes. E certamente teremos êxito ao dar mais esse passo, abrindo as portas para a comunidade externa”, concluiu.

Confira a reportagem da TV Uerj: