Uerj celebra sucesso do Primeira Chance e planeja ampliação, abrindo novas oportunidades de estágio

03/05/202219:15

Diretoria de Comunicação da Máquina de pesca

Em agosto de 2021, 54 alunos dos cursos de Administração, Contabilidade, Arquitetura e Urbanismo, Direito e Engenharia Civil da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) ingressaram em estágio no Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ). A oportunidade veio com o lançamento do Programa Primeira Chance, uma iniciativa que visava oferecer vagas em órgãos públicos estaduais para estudantes de graduação cotistas ou em situação de vulnerabilidade social. Na última sexta-feira (29), um seminário realizado pela Pró-reitoria de Políticas e Assistência Estudantis (PR4) revelou que a parceria deu certo e deve ser ampliada.

Com o nome oficial de “Programa de bolsa-auxílio para assistência estudantil e experimentação no ambiente do serviço público estadual (Paesp-RJ)”, o Primeira Chance foi criado com base na Lei 8.121/2018, que renovou o sistema de cotas por dez anos. A norma propõe que o Poder Executivo disponibilize vagas no serviço público como uma forma de fortalecer as ações afirmativas.

“O papel da PR4 é garantir todas as possibilidades de acesso para os nossos alunos. Na pandemia, isso se tornou mais necessário do que nunca. O reitor na época, Ricardo Lodi, acreditou que aquele artigo da lei poderia se transformar numa ação real. Então, ele elaborou um Aeda (Ato Executivo de Decisão Administrativa), e encaminhamos os ofícios para todas as secretarias. Desde então, temos recebido vários retornos positivos”, afirmou a pró-reitora Catia Antonia da Silva. De acordo com a gestora, além do DER, estão sendo firmados convênios com as secretarias de Turismo (Setur), Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e Infraestrutura e Obras (Seinfra). 

Balanço positivo

Segundo Catia Antonia, os resultados preliminares foram animadores. “Esses nove meses nos mostraram o quanto o programa foi uma decisão certeira. Pudemos perceber todo o engajamento dos nossos estudantes, e também das unidades, por meio dos professores supervisores”, pontuou.

O superintendente administrativo do DER, Ramon de Mello, enfatizou a qualidade técnica do corpo discente selecionado para ingresso na fundação e disse esperar receber novos alunos. “Pretendemos ampliar o convênio para outras áreas, porque tivemos uma resposta de trabalho excelente, que inclusive já resultou na contratação de três pessoas do grupo inicial”.

Finalizando o curso de Contabilidade, o estudante Joel Castro foi um dos que garantiram um passo além do estágio. “O programa é realmente uma primeira chance, porque foi através dele que eu consegui lugar em um órgão público e pude colocar em prática o que aprendi na faculdade. Comecei em agosto e, conforme meu desempenho, viram que eu tinha capacidade para ser efetivado”, contou.

Presente na abertura do evento, o reitor Mario Carneiro ressaltou a importância da participação da Uerj em projetos estratégicos do Governo e das parcerias com outros órgãos do estado. Segundo o reitor, o programa será ampliado. “Esperamos que ele alcance todos os alunos da Universidade, porque traz uma experiência no mercado de trabalho essencial para a formação e também garante o pagamento de bolsa, que ajuda na permanência no curso”.

A estudante Beatriz Cordeiro, do 7º período de Administração, disse que o estágio superou as expectativas. “A renda chegou em boa hora, e eu tinha interesse na área pública. Além disso, me senti abraçada por todos da área de Recursos Humanos do DER; eles nos deram sempre total atenção, o que foi fundamental para a nossa adaptação”. A opinião foi corroborada por Ana Laura Amorim, do 4º período. “Sou grata pela oportunidade de ter sido ser inserida no mercado de trabalho em uma área tão importante, o que certamente agrega muito no currículo, concluiu.